Gamificação nas Marcas

O mundo virtual tem progredido nos últimos anos ao caminharmos para a Web 3.0 e com a massificação do Metaverso - que como falámos neste artigo é o futuro - por isso, é natural que as marcas equacionem como podem marcar presença digitalmente, seja através de redes sociais ou outras plataformas. Só que o digital não termina aí…


Plataformas como Roblox permitem recriar, no digital, as experiências que vivemos no dia-a-dia seja compras, patinar no gelo ou até assistir a um concerto. Tudo à distância de um clique. A única diferença é que o nosso avatar é que está a usufruir destas experiências (na prática). Antigamente, os mundos virtuais eram associados a jogos como Second Life e Sims - onde podíamos criar uma nova vida para nós… Aliás, para as nossas personagens. Atualmente, a gamificação não está apenas presente nestes jogos, mas também no horizonte das marcas.


Fonte: https://news.coincu.com/37288-nike-builds-a-virtual-metaverse-world-on-roblox/

& https://vrscout.com/news/forever-21-joins-the-metaverse-with-roblox-shopping-world/


A experiência é positiva para as marcas porque conseguem apresentar os seus produtos de uma forma interativa e distinta daquilo que os consumidores estão habituados. Para não falar de que as gerações mais novas são cada vez mais digitais e a gamificação faz parte das suas experiências quotidianas. Para estes jovens as formas de marketing tradicional por vezes não tem tanto impacto, por isso, ao investir nos mundos virtuais é também possível para as marcas aproximarem-se e posicionarem-se perante este target.

Nós estamos curiosos pelo que será o futuro do digital. Achávamos que nesta altura teríamos carros voadores, mas isto é mais do que equivalente... Encontramo-nos para um café na nossa agência virtual para debatermos sobre isto?

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo