Sustentabilidade: números e estratégias

Comecemos pelo óbvio: a Sociedade está mais interessada do que nunca pela temática “Sustentabilidade”. E isso tem de importar para as Marcas.


Num estudo de 2019 efetuado pela eMarketeer, 47% dos entrevistados responderam que trocaram um produto / serviço porque uma empresa violou os seus valores pessoais - a causa principal foi “o meio ambiente”.


Chegados aqui, é necessário inserir uma importante ressalva. O conceito de Sustentabilidade aborda a forma como se deve agir em relação ao Mundo, não se esgotando na questão do meio ambiente per se, assentando antes em três grandes áreas: Social, Económica e Ambiental.



A área ambiental refere-se aos recursos naturais do planeta e à forma como estes são utilizados individualmente ao nível da comunidade e ao nível empresarial, sendo nesta, precisamente, que o foco coletivo (e corporativo) tem estado.


De acordo com um relatório da NielsenIQ, 73% dos consumidores afirmaram que eles iriam definitivamente ou provavelmente mudar os seus hábitos de consumo para reduzir o seu impacto no meio ambiente.


Idealmente, esta preocupação com o meio ambiente, derivada em não pequena parte da emergência climática, deve conduzir não apenas a uma linha de comunicação, como a uma linha de atuação por parte de uma marca.


Algumas ideias:

  • Primeiro, há que analisar que questões ambientais são mais importantes para a demografia do nosso target (por exemplo, baby boomers e millenials poderão ter respostas diferentes à pergunta “Pagaria mais por este produto se ele fosse mais amigo do ambiente?”)

  • Depois, há que analisar que ação pode ser mais mais fácil de enquadrar na visão estratégica da marca: > plantar uma árvore em troca de “x”? > apostar no packaging amigo do ambiente? > mudar as fontes de energia da sede da empresa e/ou dos seus espaços para energia verde? > apoiar financeiramente empresas focadas na Economia Verde?

A verdade é que não existe uma só resposta, nem tão pouco uma fórmula a seguir. Há que analisar, perceber o nosso consumidor, e agir de acordo com as suas expetativas.


E depois, comunicar que se agiu, porque se uma árvore nascer na floresta e ninguém a vir crescer... será que nasceu mesmo?


#Sustentabilidade #CommunicationTrends


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo